Pessoa com deficiência poderá ganhar prioridade na restituição do Imposto de Renda
3 de fevereiro de 2020
Para aumentar transparência e agilidade, Secretaria publica nova portaria da Lei de Incentivo ao Esporte
4 de fevereiro de 2020

Paraná conta com 28 estabelecimentos referenciais de assistência especializada ao paciente com câncer

Nesta terça-feira (4), Dia Mundial do Câncer, a Secretaria da Saúde do Paraná (Sesa) alerta sobre a responsabilidade do estado e de cada um na prevenção do câncer, que é considerado um problema de saúde pública, com tendência de crescimento nos próximos anos. A Rede de Saúde do Estado conta atualmente com 28 estabelecimentos habilitados e em operação como Unidades de Assistência de Alta Complexidade (UNACONs) e Centros de Assistência de Alta Complexidade (CACONs) que atuam oferecendo atendimento especializado e integral ao paciente com câncer.

A Rede de Saúde do Paraná disponibiliza o atendimento inicial em todas as Unidades Básicas de Saúde do Estado, onde são feitas consultas e solicitação de exames para investigação diagnóstica do câncer. Neste momento o Governo do Paraná, por meio da Sesa, investe em obras que ampliarão o atendimento especializado, como a construção da ala infantil do Hospital Erasto Gaertner, o Erastinho, em Curitiba, e do Hospital do Câncer de Guarapuava; e na ampliação de serviços de radioterapia da Policlínica de Pato Branco e do Hospital da Providência, em Apucarana.

Em 2019, o Deputado Subtenente Everton, destinou recursos do plano “Paraná Mais Cidades” aos municípios e hospitais. O Hospital Pequeno Príncipe foi uma das instituições contempladas. Recebeu o recurso de R$ 1,1 milhão que será investido em um Arco Cirúrgico Hemodinâmico. Este equipamento permite cirurgias minimamente invasivas em procedimentos de alta complexidade.

O Complexo Hospital do Trabalhador recebeu recursos para o Hospital de Reabilitação Ana Carolina Moura Xavier. Dentre os investimentos, o total de R$ 1 milhão de reais servirá para a aquisição de um aparelho de Raio-X Móvel Digital com tela. O equipamento ficará disponível na UTI do hospital, mas também pode ser movimentado para o atendimento no quarto.

O Hospital Erasto Gaertner, centro de referência em diagnóstico e tratamento do câncer em Curitiba, o aporte foi no valor de R$ 1 milhão para aquisição de equipamentos para cirurgias laparoscópicas e exames automatizados, possibilitando o aumento do número de atendimentos realizados.

Data – O Dia Mundial de Câncer foi criado pela União Internacional para o Controle do Câncer e Organização Mundial da Saúde e completa neste ano duas décadas. O objetivo é aumentar a conscientização e prevenção sobre a doença, envolvendo a sociedade e o governo em ações para evitar um número ainda maior de mortes pelos vários tipos de câncer. Câncer é o nome geral dado a um conjunto de mais de 100 doenças, que têm em comum o crescimento desordenado de células que tendem a invadir tecidos e órgãos vizinhos. Pode acometer qualquer parte do corpo. Atualmente, 7,6 milhões de pessoas no planeta morrem em decorrência da doença a cada ano, dessas, 4 milhões têm entre 30 e 69 anos.

No Paraná, nesta mesma faixa etária, onde considera-se morte prematura, a mortalidade por câncer nas mulheres é maior pelo câncer de mama, enquanto nos homens é o de brônquios e pulmões. No ano de 2019, foram 27.654 casos diagnosticados pelo SUS no Paraná, sendo o câncer de mama o mais incidente. Em 2018, foram diagnosticados 24.025 casos. Os dados são do Painel Oncológico do Instituto Nacional do Câncer.

 

 

 

 

Fonte – Informações/Dados: SESA