Deputado Subtenente Everton destina recursos de R$ 1 milhão para Hospital Erastinho
5 de junho de 2020
Deficiente visual é assume como novo secretário nacional de Justiça
10 de junho de 2020

Marcelo Magalhães assume Secretaria Especial do Esporte e anuncia Secretaria Nacional do Paradesporto

Nesta semana, no Ministério da Cidadania, em Brasília, o carioca Marcelo Magalhães tomou posse como novo secretário especial do Esporte. A cerimônia contou com a presença de autoridades políticas e esportivas que foram prestigiá-lo, entre elas, o ex-ministro do Esporte, Leandro Cruz. Marcelo Magalhães é formado em jornalismo pela Universidade Gama Filho (RJ). Depois de iniciar a carreira no rádio, como supervisor e gerente de promoções de emissoras FM na capital fluminense, acumulou mais de 15 anos de experiência no setor esportivo, como consultor, gestor de carreiras, captador de patrocínios e produtor de conteúdos voltados para múltiplas plataformas midiáticas.

Marcelo Magalhães foi nomeado duas semanas atrás por Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania, para tornar-se o novo secretário. O setor do Esporte está englobado ao Ministério da Cidadania desde que o Ministério do Esporte. Na oportunidade o ministro Onyx Lorenzoni também anunciou durante a cerimônia a criação da Secretaria Nacional do Paradesporto “para que o esporte paralímpico brasileiro tenha espaço fixo na Secretaria Especial do Esporte”.

Marcela Parsons – Diretora de Adestramento Paraequestre da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), ela tem longo currículo na área de equoterapia. Marcela (foto abaixo) é esposa da mais alta autoridade do esporte paraolímpico no mundo, o brasileiro Andrew Parsons, que é presidente do Comitê Paraolímpico Internacional (IPC) e membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) e do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A Secretaria Nacional do Paradesporto, subordinada à Secretaria Especial do Esporte, era uma ideia defendida pelo então ministro da Cidadania Osmar Terra (MDB), num aceno à primeira-dama Michelle Bolsonaro. Ela tem trabalho social junto à comunidade surda, que agora busca reconhecimento junto ao movimento paraolímpico.

Frente Parlamentar do Paradesporto – Coordenador da Frente Parlamentar de Apoio e Defesa do Paradesporto, o Deputado Subtenente Everton, destacou a indicação de Marcela Parsons para o cargo. “Temos conhecimento do seu excelente trabalho na defesa dos direitos das pessoas com deficiência e também na diretoria de Paraequestre da Confederação Brasileira de Hipismo. Marcela, com seu conhecimento, será de extrema importância para consolidação das políticas públicas do paradesporto brasileiro. Nós, aqui no Paraná, estaremos levando nossas demandas do esporte local e apoiando seu trabalhado nacional”, parabenizou o Deputado.

 

Projeto de Lei nº 160/2020 – Deputado lembrou que apresentou recentemente Projeto de Lei dispõe sobre a prática de Equoterapia no Paraná. A equoterapia, também chamada de equiterapia ou hipoterapia, é um tipo de terapia com cavalos que serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo. Ela serve para complementar o tratamento de indivíduos com deficiências ou necessidades especiais, como a síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo.

“Nosso projeto determina que os atendimentos devem ser feitos por uma equipe multiprofissional, composta por médico, médico veterinário e profissionais como psicólogo, fisioterapeuta e da equitação. Também poderão fazer parte outros profissionais como pedagogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e professores de educação física, que devem possuir curso específico de equoterapia”, destacou o Deputado.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support