Marcelo Magalhães assume Secretaria Especial do Esporte e anuncia Secretaria Nacional do Paradesporto
6 de junho de 2020
PROESPORTE divulga nova lista de projetos classificados
11 de junho de 2020

Deficiente visual é assume como novo secretário nacional de Justiça

O governo federal nomeou o advogado da União Claudio de Castro Panoeiro para exercer o cargo de Secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ele fazia parte da Advocacia Geral da União (AGU) em Brasília e coordenava no Rio de Janeiro o Grupo de Combate à Corrupção. Panoeiro possui doutorado em direito pela Universidade de Salamanca, na Espanha, e foi a primeira pessoa cega a fazer uma sustentação oral em 2010 no Superior Tribunal de Justiça. Agora ele trabalhará para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, de André Mendonça.

Importância da nomeação para a inclusão – O deputado estadual Subtenente Everton destaca a importância desta nomeação. “Acredito que a nomeação do Sr. Cláudio Panoeiro é um ato significativo para a inclusão de PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, para mostrar à sociedade que as Pessoas com Deficiência devem ter seu espaço na sociedade. No meu ponto de vista, as PCDs são INVISÍVEIS à sociedade, onde a própria arquitetura das cidades, suas vias e prédios, nos mostra que elas não são contempladas com a devida ACESSIBILIDADE, mesmo com legislação que obrigue as adaptações”, enfatiza. Em seu discurso de posse, Cláudio Panoeiro falou sobre a força de vontade para aceitar esse novo desafio. “O sucesso de qualquer pessoa, deficiente ou não, depende, fundamentalmente, de dois elementos. O primeiro que ela tenha vontade de chegar a algum lugar e segundo que tenha oportunidade de alcançar seus objetivos”, afirma.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça explicou que o advogado foi nomeado devido ao combate à corrupção e por mérito de seu currículo. “O Ministério da Justiça e Segurança Pública abre as portas para um secretário que faz história pela superação, pela capacidade. Você assume esse cargo pela capacidade”, disse Mendonça a Panoeiro. O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a contribuição que Panoeiro dará para o Governo. “O nosso governo, ao qual a vossa senhoria integra nesse momento, se sente muito honrado pelo seu passado, pela sua experiência e por aquilo que o senhor pode contribuir para com o nosso Brasil”, disse Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto.

Inclusão de pessoas com deficiência no Poder Público – A inclusão de pessoas com deficiência é realizada nos âmbitos federal, estadual e municipal. Na Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado estadual Subtenente Everton está presente na luta pelos direitos dos deficientes por meio da participação na Frente Parlamentar do Paradesporto e pelo trabalho que realiza para incentivar o fortalecimento da inclusão de todas as pessoas com deficiência do Estado do Paraná. O deputado também confiou a um jornalista cego a função de assessor de imprensa, exercida atualmente para a divulgação das iniciativas promovidas pelo deputado estadual.

Sobre a nomeação de pessoas com deficiência em cargos públicos, o parlamentar comenta que, “qualquer nomeação de uma PCDs representa uma quebra de PARADIGMA e uma oportunidade de se fazer a ´verdadeira´ inclusão, permitindo às pessoas que receberão estas PCD em seus ambientes de trabalho, que se preparem, que entendam a deficiência da pessoa contratada, que preparem os ambientes, que criem um clima propício para que estas PCD se sintam à vontade, que se sintam bem e acolhidas. Não basta contratar uma PCD, é preciso que as pessoas que à receberão estejam devidamente preparadas, para que não haja uma EXCLUSÃO, contrariando a intenção inicial”, explicou Deputado Subtenente Everton.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support