Aprovado projeto que prevê prazo de validade indeterminado para laudo de comprovação do autismo
14 de outubro de 2020
Mantida obrigação de cota de veículos adaptados para pessoas com deficiência em locadoras
16 de outubro de 2020

Mandato do Deputado Subtenente Everton visita APAE de Ponta Grossa

Mandato do Deputado Subtenente Everton esteve representado pelo assessor Gabriel Felipe Fonseca em visita a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ponta Grossa. O assessor conversou com a diretora Josneide Kalempa Panazzolo e com o presidente da instituição, Laertes Bitencourt Filho. A associação tem 330 alunos e 370 usuários, está filiada à Federação Nacional das Apaes (Fenapaes), e atende diversas deficiências, tais como: síndrome de down e transtorno global do desenvolvimento.

A Apae depende de recursos municipais, estaduais e federais. De acordo com o presidente da instituição, Laertes Bitencourt Filho, a Apae precisa melhorar seu espaço, contratar um novo dentista para o consultório odontológico e recursos financeiros para destinação de custeio. “Em março desse ano a dentista me falou que estava se aposentando, nós fomos falar com a equipe da Secretaria de Saúde, e até hoje não arranjaram nenhuma dentista para a instituição, e isso é uma deficiência”, comentou Laertes. Outra demanda apresentada pela diretora da Apae, Josneide Panazzolo, é a retomada do projeto de cursos de qualificação que parou por conta da pandemia. As atividades destes cursos seriam realizadas presencialmente e devem retornar em breve. Hoje, a instituição tem despesas de valor alto que gira em torno de R$65 mil por mês.

A instituição oferece atividades de terapia ocupacional, tais como: artesanato, jardinagem e panificação, estimulação precoce para bebês, uma escola que utiliza o currículo da Educação Especial com professores regentes, um professor de Artes e um professor de Educação Física. O trabalho dos educadores é feito de forma multidisciplinar, pois conta com o apoio de vários profissionais. Vale lembrar que estes profissionais também atendem as famílias. De modalidades esportivas, a instituição oferece o golf 7, destinado especialmente as pessoas com deficiência intelectual. Os professores de Educação Física trabalham também basquete, voleibol e ginástica rítmica. A instituição participa de competições esportivas promovidos pela Federação Nacional das Apaes (Fenapaes). Outro projeto oferecido pela associação é a Affinitas Banda Show, que realiza apresentações musicais na região dos Campos Gerais e participa de festivais promovidos pela Fenapaes.

Por causa da pandemia do coronavírus, as atividades da Apae são realizadas de forma remota, com grupos de sala de aula via whatsapp, conforme explica a diretora Josneide Panazzolo. “O trabalho foi organizado junto a Federação Nacional das APAES, porque muitas famílias não tem e-mail, computador, então se tornava mais difícil. O que era de mais acesso e conhecimento das famílias era o celular. Então foi montado grupos de sala de aula no whatsapp e a professora mantém o contato com a família, através de aulas gravadas antecipadamente”, esclareceu a diretora. Quando a família não tem celular, as atividades são impressas pela assistente social, e as pessoas atendidas pelas professoras tem de 15 a 30 dias para realizar as tarefas. Na visita, o assessor parlamentar apresentou diversos projetos em prol das pessoas com deficiência organizados pelo gabinete do Deputado Subtenente Everton e colocou-se a disposição para apoiar a Apae em suas futuras demandas.

Contato por WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support