Deputado Subtenente Everton promove Pedala Paraná em novembro
3 de novembro de 2020
Projeto de Lei propõe uso do símbolo Internacional de Acessibilidade no Paraná
11 de novembro de 2020

Saiba a importância da Fepe no Programa Nacional de Triagem Neonatal

A Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (Fepe), em Curitiba, é a instituição responsável pela triagem neonatal no Paraná. Este serviço tem autorização da Secretaria Estadual de Saúde para a realização do Programa de Triagem Neonatal. De acordo com a Fepe, o programa disponibiliza aos bebês o diagnóstico precoce, tratamento e acompanhamento, gratuitos, para as seguintes doenças genéticas: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Fibrose Cística, Doenças Falciforme e outras Hemoglobinopatias, Deficiência da Biotinidase e Hiperplasia Adrenal Congênita. O teste do pezinho é gratuito e obrigatório para todos os recém-nascidos, com a finalidade de realizar a detecção de doenças e síndromes para o tratamento precoce.

Em 2018, A Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional realizou 1 milhão 43 mil 862 testes do pezinho no Estado, ou seja, ocorreram mais de um milhão de exames. A coleta de sangue é feita após a alta hospitalar nas maternidades e unidades de saúde. O sangue é coletado no calcanhar do bebê com uma punção descartável e as amostras são encaminhadas para análise laboratorial da Fepe.

O Dia Nacional do Teste do Pezinho é comemorado em 06 de junho e o mesmo mês também celebra a Campanha Junho Lilás. Cabe reforçar que o Deputado Estadual Subtenente Everton tem protocolado na Alep o Projeto de Lei nº 616/2020 para ampliar o rastreamento de mais de 100 doenças no exame do teste do pezinho em crianças nascidas nas maternidades e casas hospitalares do Paraná.

Sobre a Fepe, o Deputado Estadual Subtenente Everton comenta que “a Fepe é uma instituição importante para todo o estado do Paraná, porque esta instituição realiza diversas campanhas de conscientização sobre a importância dos testes do pezinho, tornando o Programa de Triagem Neonatal referência no Estado para análise dos exames de forma eficiente em seu laboratório. Com relação ao nosso Projeto de Lei para ampliar a quantidade de doenças que podem ser descobertas nesse teste, espero contar com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde e da Fepe em Curitiba para a implantação efetiva das mudanças se a minha proposta avançar na Assembleia e for aprovada pelos demais parlamentares”, esclareceu o Deputado.

Contato por WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support